Livro
Livro
BRASIL

101 atrações de TV que sintonizaram o Brasil

101 atrações de TV que sintonizaram o Brasil

Este livro pertence à coleção COLEÇÃO 101

PATRÍCIA KOGUT

Desde o primeiro beijo na boca transmitido pela Tupi, em 1951, até Avenida Brasil, em 2012, a última novela a hipnotizar o país, a TV brasileira não parou de evoluir. Quase 70 anos depois de sua primeira transmissão, segue emocionando, lançando moda e revelando talentos.

 

Passear pela história da TV brasileira, de seus criadores e suas melhores produções é como reencontrar velhos amigos. Nossas mocinhas e nossos galãs preferidos estão aqui; nossos vilões mais terríveis, também. Os humorísticos, as séries, os programas jornalísticos, os infantis…

Patrícia Kogut, uma das maiores especialistas no assunto, é quem nos conduz ao longo desta rica e fascinante viagem. Prepare seu coração.

Aqui só tem nota 10.

***

Nada deixou o Brasil mais pop e mais antenado do que a TV. Nem mais americanizado, pois ao abrir o primeiro canal, no raiar dos anos 1950, o pioneiro Assis Chateaubriand não seguiu o modelo da inglesa BBC, mas a fórmula “Nossos comerciais, por favor” das redes dos Estados Unidos.

Sintonizando o país de cabo a rabo, a TV fez tudo mais colorido, mesmo quando só transmitia em preto e branco. Ligada, deixou nossa vida por um fio e botou todo mundo com o dedo na tomada.

A TV reinventou a dramaturgia do país, impulsionou sua música, bebeu na fonte de sua literatura, eletrizou seu jornalismo, consagrou sua propaganda. De certa forma, virou seu cinema novo, sua nova bossa, seus tambores e clarins e também sua rede social, bem antes da própria. Porque é evidente que o Brasil encontrou na telinha uma de suas mais efetivas formas de expressão e, por meio dela, lançou seus artistas mais amados e seus mais odiosos vilões; propagou suas fofocas e notícias, viveu seus anos dourados, seus anos de chumbo, seus velhos sonhos e suas antigas obsessões, como você verá nas nossas próximas atrações…

Para nos conduzir em tal passeio por essa divina comédia da vida privada não poderia haver guia mais apropriada do que a jornalista Patrícia Kogut, que há duas décadas e um piscar de olhos se mantém senhora do controle remoto, zapeando por um labirinto de canais para separar o joio da joia e resenhar para dezenas de milhares de leitores o que vale a pena ver de novo ou de velho nessa enxurrada de imagens nossas de cada dia.

Kogut segue antenada e, nas páginas seguintes, conecta o país com seu passado e seu futuro nestas 101 atrações e mil e uma noites que sintonizaram o Brasil.

Eduardo Bueno

Desde o primeiro beijo na boca transmitido pela Tupi, em 1951, até Avenida Brasil, em 2012, a última novela a hipnotizar o país, a TV brasileira não parou de evoluir. Quase 70 anos depois de sua primeira transmissão, segue emocionando, lançando moda e revelando talentos.

 

Passear pela história da TV brasileira, de seus criadores e suas melhores produções é como reencontrar velhos amigos. Nossas mocinhas e nossos galãs preferidos estão aqui; nossos vilões mais terríveis, também. Os humorísticos, as séries, os programas jornalísticos, os infantis…

Patrícia Kogut, uma das maiores especialistas no assunto, é quem nos conduz ao longo desta rica e fascinante viagem. Prepare seu coração.

Aqui só tem nota 10.

***

Nada deixou o Brasil mais pop e mais antenado do que a TV. Nem mais americanizado, pois ao abrir o primeiro canal, no raiar dos anos 1950, o pioneiro Assis Chateaubriand não seguiu o modelo da inglesa BBC, mas a fórmula “Nossos comerciais, por favor” das redes dos Estados Unidos.

Sintonizando o país de cabo a rabo, a TV fez tudo mais colorido, mesmo quando só transmitia em preto e branco. Ligada, deixou nossa vida por um fio e botou todo mundo com o dedo na tomada.

A TV reinventou a dramaturgia do país, impulsionou sua música, bebeu na fonte de sua literatura, eletrizou seu jornalismo, consagrou sua propaganda. De certa forma, virou seu cinema novo, sua nova bossa, seus tambores e clarins e também sua rede social, bem antes da própria. Porque é evidente que o Brasil encontrou na telinha uma de suas mais efetivas formas de expressão e, por meio dela, lançou seus artistas mais amados e seus mais odiosos vilões; propagou suas fofocas e notícias, viveu seus anos dourados, seus anos de chumbo, seus velhos sonhos e suas antigas obsessões, como você verá nas nossas próximas atrações…

Para nos conduzir em tal passeio por essa divina comédia da vida privada não poderia haver guia mais apropriada do que a jornalista Patrícia Kogut, que há duas décadas e um piscar de olhos se mantém senhora do controle remoto, zapeando por um labirinto de canais para separar o joio da joia e resenhar para dezenas de milhares de leitores o que vale a pena ver de novo ou de velho nessa enxurrada de imagens nossas de cada dia.

Kogut segue antenada e, nas páginas seguintes, conecta o país com seu passado e seu futuro nestas 101 atrações e mil e uma noites que sintonizaram o Brasil.

Eduardo Bueno

Compre agora:

Ficha técnica
Lançamento 05/05/2017
Título original 101 ATRAÇÕES DE TV QUE SINTONIZARAM O BRASIL
Tradução
Formato 16 x 21 cm
Número de páginas 272
Peso 500 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-5608-021-9
EAN 9788556080219
Preço R$ 49,90
Ficha técnica e-book
eISBN 9788556080226
Preço R$ 29,99
Selo
Estação Brasil
Lançamento 05/05/2017
Título original 101 ATRAÇÕES DE TV QUE SINTONIZARAM O BRASIL
Tradução
Formato 16 x 21 cm
Número de páginas 272
Peso 500 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-5608-021-9
EAN 9788556080219
Preço R$ 49,90

E-book

eISBN 9788556080226
Preço R$ 29,99

Selo

Estação Brasil

Patrícia Kogut

Sobre o autor

Patrícia Kogut

Carioca, estudou Letras e Comunicação Social na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Foi professora de inglês e francês antes de começar a carreira de jornalista em 1985 na Bloch Editores, onde trabalhou nas revistas Fatos, Pais & Filhos e Desfile. Em 1995, tornou-se repórter de televisão do jornal O Globo e, depois, editora da “Revista da TV”. Desde 1998, faz a coluna diária especializada em televisão que há anos leva o seu nome no Segundo Caderno do Globo. É também titular de um site sobre o mesmo tema, campeão de audiência. É a crítica de televisão há mais tempo em atividade na imprensa brasileira. Foi pioneira na cobertura da televisão por assinatura no Brasil, tendo sido titular de uma coluna semanal sobre o tema. Acompanhou o nascimento da chamada Era de Ouro da televisão americana, desde que as séries de TV se sofisticaram a ponto de atrair astros e estrelas do cinema. Entrevistou grandes profissionais da TV do Brasil e do mundo, e, assim, em todos esses anos, pôde ser testemunha privilegiada das revoluções por que passou a televisão aqui e lá fora. Fruto desse olhar tão respeitado, este é seu primeiro livro.

VER PERFIL COMPLETO

Destaques na mídia

Jornalista Patrícia Kogut lança livro com memória das atrações mais marcantes da TV brasileira

A autora conta que a escolha de 101 programas definitivos ao longo da história da televisão no país foi uma tarefa complicada, mesmo para quem está acostumada a lidar com o mundo do entretenimento e dar as famosas notas 10 e 0 para o que passa nas telas. “Foi difícil. Tive que pensar muito. Mudei muito de ideia até chegar a uma lista final. Foi uma mistura de nostalgia, com pesquisa e com memória”, explicou Kogut. A ideia do livro é levar os leitores de volta para grandes momentos que marcaram a TV brasileira, em um grande exercício de memória.

Bom Dia Rio

Novidades no Blog

101 atrações de TV que sintonizaram o Brasil: livro mistura memória e nostalgia em  bela homenagem à televisão nacional
TV

101 atrações de TV que sintonizaram o Brasil: livro mistura memória e nostalgia em bela homenagem à televisão nacional

Pessoas há mais de 3 horas na fila apesar do frio incessante. Estádio lotado. Tensão à flor da pele. Verdadeiras torcidas organizadas gritando desesperadamente o nome dos ídolos, esperando os minutos para a entrada no palco principal. Lendo a descrição da situação, tudo faz parecer uma final de Copa do Mundo, correto? No entanto, este […]

LER MAIS