Livro
Livro
FILOSOFIA

O que Nietzsche faria?

O que Nietzsche faria?

MARCUS WEEKS

Como os grandes filósofos podem ajudar a resolver problemas cotidianos

Como os grandes filósofos podem ajudar a resolver problemas cotidianos

O que Nietzsche faria? traz uma série de conselhos e orientações dos maiores pensadores de todos os tempos para ajudar você a lidar com os desafios da vida cotidiana.

Como Schopenhauer poderia ajudar você a curar um coração partido? Será que Platão consideraria o uso excessivo das redes sociais uma maneira de fugir da realidade? Qual seria o conselho de Maquiavel para um jovem buscando uma promoção no trabalho? O que Simone de Beauvoir argumentaria a favor da divisão de tarefas domésticas?

 

Das pequenas questões mundanas aos grandes mistérios da existência, O que Nietzsche faria? reúne as ideias centrais de mais de 80 filósofos e oferece diversas perspectivas e soluções para os problemas que enfrentamos no dia a dia.

Cada capítulo parte de uma questão prática, como “Minha amiga está sendo traída pelo namorado. Devo contar para ela?” ou “Por que me sinto culpado ao passar por um mendigo?”. Para respondê-la, o autor apresenta argumentos de alguns dos maiores pensadores de todos os tempos, incluindo Nietzsche, Foucault, Kant, Marx, Platão, Locke, Rousseau, Aristóteles, Schopenhauer e muitos outros.

Cheio de ilustrações divertidas, exemplos e citações, este livro não apenas nos ajuda a resolver dilemas éticos e morais como também oferece uma visão fascinante das muitas vertentes do estudo filosófico.

Com as opiniões dos pensadores e os comentários esclarecedores de Marcus Weeks, você vai aprender a avaliar as situações por todos os ângulos possíveis. E mais: antes que perceba, estará citando Sócrates e discutindo Descartes em sua roda de amigos.

O que Nietzsche faria? traz uma série de conselhos e orientações dos maiores pensadores de todos os tempos para ajudar você a lidar com os desafios da vida cotidiana.

Como Schopenhauer poderia ajudar você a curar um coração partido? Será que Platão consideraria o uso excessivo das redes sociais uma maneira de fugir da realidade? Qual seria o conselho de Maquiavel para um jovem buscando uma promoção no trabalho? O que Simone de Beauvoir argumentaria a favor da divisão de tarefas domésticas?

 

Das pequenas questões mundanas aos grandes mistérios da existência, O que Nietzsche faria? reúne as ideias centrais de mais de 80 filósofos e oferece diversas perspectivas e soluções para os problemas que enfrentamos no dia a dia.

Cada capítulo parte de uma questão prática, como “Minha amiga está sendo traída pelo namorado. Devo contar para ela?” ou “Por que me sinto culpado ao passar por um mendigo?”. Para respondê-la, o autor apresenta argumentos de alguns dos maiores pensadores de todos os tempos, incluindo Nietzsche, Foucault, Kant, Marx, Platão, Locke, Rousseau, Aristóteles, Schopenhauer e muitos outros.

Cheio de ilustrações divertidas, exemplos e citações, este livro não apenas nos ajuda a resolver dilemas éticos e morais como também oferece uma visão fascinante das muitas vertentes do estudo filosófico.

Com as opiniões dos pensadores e os comentários esclarecedores de Marcus Weeks, você vai aprender a avaliar as situações por todos os ângulos possíveis. E mais: antes que perceba, estará citando Sócrates e discutindo Descartes em sua roda de amigos.

Compre agora:

Ficha técnica
Lançamento 01/08/2018
Título original WHAT WOULD NIETZSCHE DO?
Tradução IVO KORYTOWSKI
Formato 16 x 23 cm
Número de páginas 240
Peso 450 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0642-7
EAN 9788543106427
Preço R$ 49,90
Ficha técnica e-book
eISBN 9788543106434
Preço R$ 29,99
Lançamento 01/08/2018
Título original WHAT WOULD NIETZSCHE DO?
Tradução IVO KORYTOWSKI
Formato 16 x 23 cm
Número de páginas 240
Peso 450 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0642-7
EAN 9788543106427
Preço R$ 49,90

E-book

eISBN 9788543106434
Preço R$ 29,99

Leia um trecho do livro

Introdução

Todo mundo precisa de um conselho de vez em quando. A vida tem o hábito de nos apresentar dilemas, alguns sérios, outros triviais, que exigem reflexão e às vezes até alguma orientação. E quando se trata de pensar nos problemas, ninguém mais habilitado do que os filósofos para fazer isso. A questão é que eles estão tão preocupados com os grandes temas – a vida, o universo e tudo o mais – que raramente nos presenteiam com sua sabedoria sobre as pequenas coisas: os dilemas do cotidiano.

Sendo assim, não podemos ter certeza sobre qual seria a resposta exata dos filósofos sobre as nossas questões do dia a dia, mas é possível ter uma ideia razoável de como cada um examinaria o problema. É disso que trata este livro. O que os grandes pensadores (não apenas Nietzsche, embora suas opiniões apareçam com frequência) aconselhariam quando confrontados com as questões práticas dos relacionamentos, do estilo de vida, do lazer e da política no mundo moderno? O que teriam a dizer sobre os assuntos corriqueiros que você debate com seus amigos e familiares?

Ora, esses problemas não são especificamente “filosóficos”, mas, como quase tudo, podem ser abordados pelas lentes da filosofia. Você vai descobrir que alguns pensadores usavam perguntas simples como trampolins para mergulhar em águas mais profundas, explorando as implicações ocultas de um dilema, e muitos fariam a associação entre o assunto em questão e as próprias ideias e teorias.

Com frequência, não existe uma solução única para um problema, e diferentes filósofos poderiam dar conselhos conflitantes, refletindo a natureza muitas vezes contraditória da filosofia. Essas atitudes distintas, além de nos oferecerem alternativas na hora de tomar uma decisão, também nos dão uma visão de algumas das diferentes abordagens aos problemas filosóficos. Alguns filósofos estão mais interessados em uma área específica da filosofia, como a ética ou a lógica. Como resultado, aparecem mais do que outros em algumas seções do livro. Marx, por exemplo, provavelmente terá mais opiniões sobre política do que Kant, e Descartes estará menos interessado na estética do que Aristóteles. Existem, porém, alguns pensadores que oferecem regularmente contribuições às discussões. Os atenienses Sócrates, Platão e Aristóteles, por exemplo, costumam ter algo a dizer sobre quase tudo. Outros estarão ausentes simplesmente porque suas filosofias não são aplicáveis aos temas discutidos – e, de qualquer modo, não haveria espaço para todo mundo.

Graças a esse painel de especialistas, podemos nos beneficiar de uma variedade de opiniões e desfrutar de alguns debates acalorados. Vários filósofos saem como protagonistas nessas discussões, representando algumas das tendências mais importantes do pensamento filosófico. Mas este não é um tratado de filosofia nem pretende apresentar um estudo abrangente nessa área do conhecimento. O livro se limita a expor algumas ideias por meio de sua aplicação prática aos problemas do dia a dia. Mas você vai descobrir que a filosofia envolve mais do que apenas ideias. Ao examinar os argumentos apresentados pelos diferentes pensadores, você conhecerá também um pouco da personalidade de cada um: Sócrates, o intencionalmente irritante; Platão, o idealista; o prosaico Aristóteles; o maldoso Maquiavel; o sisudo Kant; o rabugento Schopenhauer; o iconoclasta Nietzsche e muitos outros. Poderá se empolgar com alguns e sentir afinidade por seus conselhos; outros serão menos atraentes. Talvez você descubra que é possível curtir diferentes pontos de vista sem necessariamente concordar com as ideias ou, ao contrário, apreciar os argumentos persuasivos dos filósofos sem se encantar com a personalidade deles. Isso é filosofia para você.

Introdução

Todo mundo precisa de um conselho de vez em quando. A vida tem o hábito de nos apresentar dilemas, alguns sérios, outros triviais, que exigem reflexão e às vezes até alguma orientação. E quando se trata de pensar nos problemas, ninguém mais habilitado do que os filósofos para fazer isso. A questão é que eles estão tão preocupados com os grandes temas – a vida, o universo e tudo o mais – que raramente nos presenteiam com sua sabedoria sobre as pequenas coisas: os dilemas do cotidiano.

Sendo assim, não podemos ter certeza sobre qual seria a resposta exata dos filósofos sobre as nossas questões do dia a dia, mas é possível ter uma ideia razoável de como cada um examinaria o problema. É disso que trata este livro. O que os grandes pensadores (não apenas Nietzsche, embora suas opiniões apareçam com frequência) aconselhariam quando confrontados com as questões práticas dos relacionamentos, do estilo de vida, do lazer e da política no mundo moderno? O que teriam a dizer sobre os assuntos corriqueiros que você debate com seus amigos e familiares?

Ora, esses problemas não são especificamente “filosóficos”, mas, como quase tudo, podem ser abordados pelas lentes da filosofia. Você vai descobrir que alguns pensadores usavam perguntas simples como trampolins para mergulhar em águas mais profundas, explorando as implicações ocultas de um dilema, e muitos fariam a associação entre o assunto em questão e as próprias ideias e teorias.

Com frequência, não existe uma solução única para um problema, e diferentes filósofos poderiam dar conselhos conflitantes, refletindo a natureza muitas vezes contraditória da filosofia. Essas atitudes distintas, além de nos oferecerem alternativas na hora de tomar uma decisão, também nos dão uma visão de algumas das diferentes abordagens aos problemas filosóficos. Alguns filósofos estão mais interessados em uma área específica da filosofia, como a ética ou a lógica. Como resultado, aparecem mais do que outros em algumas seções do livro. Marx, por exemplo, provavelmente terá mais opiniões sobre política do que Kant, e Descartes estará menos interessado na estética do que Aristóteles. Existem, porém, alguns pensadores que oferecem regularmente contribuições às discussões. Os atenienses Sócrates, Platão e Aristóteles, por exemplo, costumam ter algo a dizer sobre quase tudo. Outros estarão ausentes simplesmente porque suas filosofias não são aplicáveis aos temas discutidos – e, de qualquer modo, não haveria espaço para todo mundo.

Graças a esse painel de especialistas, podemos nos beneficiar de uma variedade de opiniões e desfrutar de alguns debates acalorados. Vários filósofos saem como protagonistas nessas discussões, representando algumas das tendências mais importantes do pensamento filosófico. Mas este não é um tratado de filosofia nem pretende apresentar um estudo abrangente nessa área do conhecimento. O livro se limita a expor algumas ideias por meio de sua aplicação prática aos problemas do dia a dia. Mas você vai descobrir que a filosofia envolve mais do que apenas ideias. Ao examinar os argumentos apresentados pelos diferentes pensadores, você conhecerá também um pouco da personalidade de cada um: Sócrates, o intencionalmente irritante; Platão, o idealista; o prosaico Aristóteles; o maldoso Maquiavel; o sisudo Kant; o rabugento Schopenhauer; o iconoclasta Nietzsche e muitos outros. Poderá se empolgar com alguns e sentir afinidade por seus conselhos; outros serão menos atraentes. Talvez você descubra que é possível curtir diferentes pontos de vista sem necessariamente concordar com as ideias ou, ao contrário, apreciar os argumentos persuasivos dos filósofos sem se encantar com a personalidade deles. Isso é filosofia para você.

LEIA MAIS

Marcus Weeks

Sobre o autor

Marcus Weeks

Colaborador frequente de enciclopédias e livros de referência, atuando também como consultor de vários títulos da editora britânica Dorling Kindersley. É autor de diversos livros, como Se liga na filosofia e O livro da psicologia. Possui uma vasta lista de talentos e interesses. Quando não está escrevendo, é professor de música, dá aulas de inglês para estrangeiros, administra uma galeria de arte, afina e restaura pianos, é editor de música, arranjador, compositor, entre muitas outras coisas. Mora em Hastings, na Inglaterra.

VER PERFIL COMPLETO