Livro
Livro
AUTOAJUDA

A vida ama você

A vida ama você

LOUISE HAY E ROBERT HOLDEN

7 passos para curar sua vida

7 passos para curar sua vida

“A mensagem que mais quero que os leitores ouçam é: a vida ama você do jeito que você é e quer que você a ame de volta. Nós estamos neste planeta para aprender sobre o amor incondicional, e isso começa com a autoaceitação e o amor-próprio. Na sua vida, você tem que começar amando a si mesmo. E, na minha vida, eu tenho que começar me amando. E é assim que amamos o mundo.” – LOUISE HAY, autora com mais de 50 milhões de livros vendidos

 

“A vida ama você” é uma das afirmações preferidas de Louise Hay, pois é a ideia que representa a essência de sua vida e seu trabalho.

Em uma série de conversas íntimas e francas, Louise e Robert Holden exploram a fundo assuntos como amor, perdão, culpa, compaixão, bondade e gratidão.

A partir da experiência de cada um – principalmente da incrível trajetória de superação de Louise –, eles transmitem ensinamentos fundamentais sobre a importância de amar a si mesmo, perdoar-se e permitir-se ser amado.

Além de histórias reais, meditações e orações, este livro traz diversos exercícios baseados em uma filosofia prática de sete passos:

• O princípio do espelho – aumentando seu amor-próprio
• Afirme sua vida – dissolvendo as críticas e o autojulgamento
• Siga sua alegria – confiando em seu guia interior
• Perdoe o passado – curando feridas e eliminando a culpa
• Agradeça agora – cultivando a confiança básica
• Aprenda a receber – abrindo-se para o amor e a bondade
• Cure o futuro – escolhendo o amor em vez do medo

***

“Gosto de imaginar o amor como um círculo de luz. Eu me vejo no meio dele, cercada por ele.

Quando o sinto em meu coração e em meu corpo, o círculo se expande até preencher meu quarto e cada centímetro quadrado de minha casa; depois a vizinhança, cada canto da cidade, o país inteiro, todo o planeta, até alcançar o universo inteiro. Para mim, o amor é isso; é assim que funciona.” LOUISE HAY

“A mensagem que mais quero que os leitores ouçam é: a vida ama você do jeito que você é e quer que você a ame de volta. Nós estamos neste planeta para aprender sobre o amor incondicional, e isso começa com a autoaceitação e o amor-próprio. Na sua vida, você tem que começar amando a si mesmo. E, na minha vida, eu tenho que começar me amando. E é assim que amamos o mundo.” – LOUISE HAY, autora com mais de 50 milhões de livros vendidos

 

“A vida ama você” é uma das afirmações preferidas de Louise Hay, pois é a ideia que representa a essência de sua vida e seu trabalho.

Em uma série de conversas íntimas e francas, Louise e Robert Holden exploram a fundo assuntos como amor, perdão, culpa, compaixão, bondade e gratidão.

A partir da experiência de cada um – principalmente da incrível trajetória de superação de Louise –, eles transmitem ensinamentos fundamentais sobre a importância de amar a si mesmo, perdoar-se e permitir-se ser amado.

Além de histórias reais, meditações e orações, este livro traz diversos exercícios baseados em uma filosofia prática de sete passos:

• O princípio do espelho – aumentando seu amor-próprio
• Afirme sua vida – dissolvendo as críticas e o autojulgamento
• Siga sua alegria – confiando em seu guia interior
• Perdoe o passado – curando feridas e eliminando a culpa
• Agradeça agora – cultivando a confiança básica
• Aprenda a receber – abrindo-se para o amor e a bondade
• Cure o futuro – escolhendo o amor em vez do medo

***

“Gosto de imaginar o amor como um círculo de luz. Eu me vejo no meio dele, cercada por ele.

Quando o sinto em meu coração e em meu corpo, o círculo se expande até preencher meu quarto e cada centímetro quadrado de minha casa; depois a vizinhança, cada canto da cidade, o país inteiro, todo o planeta, até alcançar o universo inteiro. Para mim, o amor é isso; é assim que funciona.” LOUISE HAY

Compre agora:

Ficha técnica
Lançamento 18/07/2016
Título original LIFE LOVES YOU
Tradução LEILA COUCEIRO
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 176
Peso 280 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0386-0
EAN 9788543103860
Preço R$ 24,90
Ficha técnica e-book
eISBN 9788543103877
Preço R$ 17,99
Lançamento 18/07/2016
Título original LIFE LOVES YOU
Tradução LEILA COUCEIRO
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 176
Peso 280 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0386-0
EAN 9788543103860
Preço R$ 24,90

E-book

eISBN 9788543103877
Preço R$ 17,99

Leia um trecho do livro

Introdução

Encontrei Louise Hay pela primeira vez nos bastidores de uma conferência chamada I can do it!, em Las Vegas. Reid Tracy, presidente da editora Hay House, nos apresentou. “Bem-vindo à família” disse Louise ao me dar um abraço caloroso.

Ela teria que entrar no palco dali a 10 minutos para dar boas-vindas ao público e me apresentar como o primeiro palestrante do dia. “Posso maquiar você?”, ela me perguntou. Eu não uso maquiagem, naturalmente, mas a oferta era tentadora demais. Então Louise se pôs a trabalhar no meu rosto com um arsenal de pincéis, pós, cremes, e passou até um batom nos meus lábios. Nós nos divertimos muito. Todo mundo nos bastidores parecia estar achando graça também. Ao dar seu toque final, Louise olhou nos meus olhos e disse: “A vida ama você.”

A vida ama você é uma das afirmações positivas favoritas de Louise. Para mim, é a marca dela, a ideia central que representa sua vida e seu trabalho. Ela adora dizer isso às pessoas. Cada vez que a escuto dizer essas palavras, elas soam como música aos meus ouvidos. Desde o início, achei que A vida ama você seria o tema perfeito para um novo livro de Louise Hay. Falei sobre isso com ela e fui conversar com Reid Tracy. “Quando você estiver pronto para ajudá-la a escrever o livro, é só me dizer”, comentou Reid. Não achei que estivesse falando sério. De qualquer forma, eu andava muito ocupado escrevendo meus próprios livros.

Os anos passaram e lancei três livros pela Hay House. A ideia de um livro sobre a afirmação A vida ama você de vez em quando me vinha à cabeça, mas eu não tomava nenhuma providência para colocá-la em prática. Eu planejava sair para jogar golfe quando colocasse o ponto final no meu último livro. No entanto, depois que o finalizei, imediatamente comecei a escrever a sinopse do que seria A vida ama você, uma coautoria entre Louise Hay e eu. Nem tive que pensar muito. As palavras simplesmente foram surgindo na página.

Mostrei a sinopse à minha esposa, Hollie. “De onde saiu isto?”, ela me perguntou. Eu disse que estava tão surpreso quanto ela. “Mande para os editores agora mesmo!” No dia 7 de outubro, escrevi um e-mail para Patty Gift, minha editora. Horas depois recebi a resposta, dizendo que ela e Reid Tracy tinham adorado a sinopse e a mostrariam a Louise, que fazia aniversário no dia seguinte. No dia 9, recebi um e-mail de Louise, cheio de emoticons felizes: balões, bolo, corações e presentes. “Estou empolgadíssima, Robert. Há quanto tempo você vinha planejando isso, meu querido? Estou honrada em ser parte desse acontecimento especial. A vida vai nos ajudar de todas as formas. Feliz aniversário para mim! Com amor, Lulu.”

Assim nasceu este livro, que é fruto das conversas que tive com Louise. Visitei-a em San Diego, na Califórnia, três vezes entre novembro e abril. Passamos nove dias juntos. Gravei todos os nossos encontros. Também fazíamos reuniões pelo Skype. Ao longo dos anos, Louise e eu já nos encontramos em mais de 20 conferências na Europa, na Austrália, no Canadá e nos Estados Unidos. Eu já a entrevistei e ela já participou de várias palestras e cursos que ministrei. Como você verá neste livro, vou compartilhar algumas dessas histórias que vivemos juntos.

A vida ama você é uma investigação que irá levá-lo ao âmago de quem você realmente é. O livro explora nosso relacionamento com o mundo e aborda questões profundas sobre a natureza da realidade. Nos últimos anos, a ciência começou a ver o mundo de forma diferente. Por exemplo, hoje sabemos que os átomos não são pequenos elementos independentes, mas expressões de uma energia universal. De fato, nunca existiu um universo de componentes isolados. Tudo é parte de tudo que há. Cada um de nós é parte de uma Unidade maior. Temos uma relação com as estrelas, com os outros, com toda a Criação.

Hoje a ciência reconhece que o mundo não é apenas um local físico, mas também um estado de espírito. “O universo se parece cada vez menos com uma grande máquina e cada vez mais com um grande pensamento”, escreveu o físico inglês Sir James Jeans. Explorar a consciência da Criação é a nova fronteira da ciência. Louise e eu acreditamos que o elemento básico da Criação não é o átomo; é o amor. Não o amor romântico, não apenas a emoção – mas o princípio criativo por trás da dança da vida. Ele é universal. É inteligente. É bondoso. Todos nós somos uma expressão desse amor. Ele é a nossa verdadeira natureza.

A vida ama você é tanto uma investigação quanto um exercício prático. Louise tem uma visão pragmática da espiritualidade, e eu só me interesso por filosofia se ela puder ser aplicada no dia a dia. Por isso escolhemos o subtítulo 7 passos para curar sua vida. São sete capítulos, sete práticas espirituais, e cada um termina com uma atividade para ajudar você a transformar a teoria em prática. Além das sete atividades principais, também há vários outros exercícios. Talvez você queira fazer os exercícios do livro com um parceiro ou num grupo de estudo, mas não deixe de fazer nenhum deles. Afinal, o amor não é apenas uma ideia.

No Capítulo 1, Olhe-se no espelho, exploramos o Princípio do Espelho, que reconhece que a maneira como experimentamos o mundo reflete nosso relacionamento com nós mesmos. Nós enxergamos as coisas não como elas são, mas como nós somos. Portanto, o mundo espelha a verdade essencial sobre nós: Eu mereço ser amado. Mas também reflete nosso medo fundamental: Eu não mereço ser amado. O mundo pode ser um lugar sombrio e solitário quando estamos distanciados de nosso próprio coração e não nos amamos. No entanto, um único ato sincero de amor-próprio já é suficiente para nos ajudar a sentir a delicadeza da Criação e enxergar o mundo de uma forma totalmente nova. A prática espiritual do Capítulo 1 inclui um exercício chamado Deixe a vida amar você e uma meditação, a Oração do Amor.

No Capítulo 2, Afirme sua vida, Louise e eu conversamos sobre a época de escola e sobre como fomos ensinados a ver o mundo. Nele, eu conto uma história acerca de uma palestra na faculdade que mudou minha visão de mundo para sempre. Chamava-se “Você acredita mesmo, de verdade, que um pneu furado pode lhe dar dor de cabeça?”. Aqui convidamos você a considerar que a vida não o está julgando, criticando nem condenando. Sofremos por causa da nossa própria psicologia. As outras pessoas podem até nos ferir, mas a vida em si não está contra nós. Por que estaria? A vida é profundamente afirmativa. Nós somos uma expressão da Criação, e a vida só quer que sejamos o Eu Ilimitado que de fato somos. A prática espiritual desse capítulo é chamada 10 lembretes.

O Capítulo 3, Siga sua alegria, é sobre escutar o seu guia interior. “A afirmação a vida ama você não se refere a fazer as coisas do seu jeito, mas a se esforçar para que saiam do jeito certo”, diz Louise. Ela fala sobre o seu “sininho interior” e eu falo do meu Sim, com S maiúsculo. A vida está sempre tentando nos guiar, apoiar e inspirar. Às vezes ficamos tão preocupados e nos perdemos de tal forma em nossa própria tristeza que não conseguimos enxergar isso. A prática espiritual desse capítulo é criar um quadro de afirmações para ajudar você a seguir a própria alegria e viver a vida que ama.

O Capítulo 4, Perdoe o passado, é a metade de nosso caminho. Aqui investigamos alguns dos obstáculos que costumam nos atrapalhar em deixar a vida nos amar – por exemplo, quando a pessoa acredita ter perdido a inocência e isso a leva a achar que não tem valor. Nós exploramos a história de culpa, contada pelo superego, de que muito tempo atrás a vida me amava e eu merecia ser amado, mas agora as coisas não são mais assim. Falamos também sobre trabalhar a nossa criança interior e recuperar a inocência original. A prática espiritual desse capítulo é chamada A escala do perdão. Trata-se de um dos exercícios de perdão mais poderosos que conhecemos.

No Capítulo 5, Agradeça agora, Louise e eu examinamos o princípio da confiança básica, reconhecido pelos psicólogos como algo essencial tanto para o desenvolvimento da criança quanto para a vida adulta. Nós nascemos com essa confiança básica. É um conhecimento – e uma convicção – de que somos parte da Criação, apoiados por uma Unidade amorosa e generosa. A confiança básica reconhece que a vida não acontece para você; ela acontece por você. Ela garante que você se sente na primeira fila no espetáculo da sua vida. Cada experiência – boa ou ruim, feliz ou triste, amarga ou doce – lhe oferece uma oportunidade de deixar a vida amar você. A prática espiritual desse capítulo, Gratidão diária, combina o agradecimento com um exercício de espelho.

O Capítulo 6, Aprenda a receber, observa a teoria budista do universo benevolente. Louise conta sua experiência de pintar um quadro intitulado Buda que abençoa. Ela levou cinco anos para terminá-lo. O ato de pintar se transformou numa meditação profunda que a ajudou a sentir com mais intensidade a bondade amorosa que existe no plano da vida. “A vida está sempre tentando nos amar, mas precisamos estar abertos se quisermos enxergar isso”, diz Louise. A prática espiritual desse capítulo é o Diário do receber. O objetivo desse exercício é ajudá-lo a reconhecer de maneira mais clara como a vida está amando você neste exato momento.

No Capítulo 7, Cure o futuro, chegamos à pergunta “O universo é amigável?”. Dizem que Albert Einstein considerava essa a pergunta mais importante que podemos fazer. Louise e eu acreditamos que outra pergunta igualmente essencial é “Quão amigável eu sou?”. Num nível mais profundo, o propósito da nossa existência é ser um espelho amoroso para o mundo. Nosso objetivo não é apenas deixar que a vida nos ame, mas também amá-la de volta. Estamos aqui para amar o mundo. Se cada um de nós fizesse isso um pouco mais, não viveríamos num lugar tão cheio de medo. A prática espiritual do Capítulo 7, portanto, é chamada Abençoe o mundo.

Louise e eu estamos muito felizes por você estar com nosso livro nas mãos. Somos gratos pela oportunidade de tê-lo escrito juntos. Esperamos e rezamos para que nosso trabalho o ajude cada vez mais a deixar a vida amar você e a ser uma presença amorosa no mundo.

A vida ama você!

Louise Hay e Robert Holden

Introdução

Encontrei Louise Hay pela primeira vez nos bastidores de uma conferência chamada I can do it!, em Las Vegas. Reid Tracy, presidente da editora Hay House, nos apresentou. “Bem-vindo à família” disse Louise ao me dar um abraço caloroso.

Ela teria que entrar no palco dali a 10 minutos para dar boas-vindas ao público e me apresentar como o primeiro palestrante do dia. “Posso maquiar você?”, ela me perguntou. Eu não uso maquiagem, naturalmente, mas a oferta era tentadora demais. Então Louise se pôs a trabalhar no meu rosto com um arsenal de pincéis, pós, cremes, e passou até um batom nos meus lábios. Nós nos divertimos muito. Todo mundo nos bastidores parecia estar achando graça também. Ao dar seu toque final, Louise olhou nos meus olhos e disse: “A vida ama você.”

A vida ama você é uma das afirmações positivas favoritas de Louise. Para mim, é a marca dela, a ideia central que representa sua vida e seu trabalho. Ela adora dizer isso às pessoas. Cada vez que a escuto dizer essas palavras, elas soam como música aos meus ouvidos. Desde o início, achei que A vida ama você seria o tema perfeito para um novo livro de Louise Hay. Falei sobre isso com ela e fui conversar com Reid Tracy. “Quando você estiver pronto para ajudá-la a escrever o livro, é só me dizer”, comentou Reid. Não achei que estivesse falando sério. De qualquer forma, eu andava muito ocupado escrevendo meus próprios livros.

Os anos passaram e lancei três livros pela Hay House. A ideia de um livro sobre a afirmação A vida ama você de vez em quando me vinha à cabeça, mas eu não tomava nenhuma providência para colocá-la em prática. Eu planejava sair para jogar golfe quando colocasse o ponto final no meu último livro. No entanto, depois que o finalizei, imediatamente comecei a escrever a sinopse do que seria A vida ama você, uma coautoria entre Louise Hay e eu. Nem tive que pensar muito. As palavras simplesmente foram surgindo na página.

Mostrei a sinopse à minha esposa, Hollie. “De onde saiu isto?”, ela me perguntou. Eu disse que estava tão surpreso quanto ela. “Mande para os editores agora mesmo!” No dia 7 de outubro, escrevi um e-mail para Patty Gift, minha editora. Horas depois recebi a resposta, dizendo que ela e Reid Tracy tinham adorado a sinopse e a mostrariam a Louise, que fazia aniversário no dia seguinte. No dia 9, recebi um e-mail de Louise, cheio de emoticons felizes: balões, bolo, corações e presentes. “Estou empolgadíssima, Robert. Há quanto tempo você vinha planejando isso, meu querido? Estou honrada em ser parte desse acontecimento especial. A vida vai nos ajudar de todas as formas. Feliz aniversário para mim! Com amor, Lulu.”

Assim nasceu este livro, que é fruto das conversas que tive com Louise. Visitei-a em San Diego, na Califórnia, três vezes entre novembro e abril. Passamos nove dias juntos. Gravei todos os nossos encontros. Também fazíamos reuniões pelo Skype. Ao longo dos anos, Louise e eu já nos encontramos em mais de 20 conferências na Europa, na Austrália, no Canadá e nos Estados Unidos. Eu já a entrevistei e ela já participou de várias palestras e cursos que ministrei. Como você verá neste livro, vou compartilhar algumas dessas histórias que vivemos juntos.

A vida ama você é uma investigação que irá levá-lo ao âmago de quem você realmente é. O livro explora nosso relacionamento com o mundo e aborda questões profundas sobre a natureza da realidade. Nos últimos anos, a ciência começou a ver o mundo de forma diferente. Por exemplo, hoje sabemos que os átomos não são pequenos elementos independentes, mas expressões de uma energia universal. De fato, nunca existiu um universo de componentes isolados. Tudo é parte de tudo que há. Cada um de nós é parte de uma Unidade maior. Temos uma relação com as estrelas, com os outros, com toda a Criação.

Hoje a ciência reconhece que o mundo não é apenas um local físico, mas também um estado de espírito. “O universo se parece cada vez menos com uma grande máquina e cada vez mais com um grande pensamento”, escreveu o físico inglês Sir James Jeans. Explorar a consciência da Criação é a nova fronteira da ciência. Louise e eu acreditamos que o elemento básico da Criação não é o átomo; é o amor. Não o amor romântico, não apenas a emoção – mas o princípio criativo por trás da dança da vida. Ele é universal. É inteligente. É bondoso. Todos nós somos uma expressão desse amor. Ele é a nossa verdadeira natureza.

A vida ama você é tanto uma investigação quanto um exercício prático. Louise tem uma visão pragmática da espiritualidade, e eu só me interesso por filosofia se ela puder ser aplicada no dia a dia. Por isso escolhemos o subtítulo 7 passos para curar sua vida. São sete capítulos, sete práticas espirituais, e cada um termina com uma atividade para ajudar você a transformar a teoria em prática. Além das sete atividades principais, também há vários outros exercícios. Talvez você queira fazer os exercícios do livro com um parceiro ou num grupo de estudo, mas não deixe de fazer nenhum deles. Afinal, o amor não é apenas uma ideia.

No Capítulo 1, Olhe-se no espelho, exploramos o Princípio do Espelho, que reconhece que a maneira como experimentamos o mundo reflete nosso relacionamento com nós mesmos. Nós enxergamos as coisas não como elas são, mas como nós somos. Portanto, o mundo espelha a verdade essencial sobre nós: Eu mereço ser amado. Mas também reflete nosso medo fundamental: Eu não mereço ser amado. O mundo pode ser um lugar sombrio e solitário quando estamos distanciados de nosso próprio coração e não nos amamos. No entanto, um único ato sincero de amor-próprio já é suficiente para nos ajudar a sentir a delicadeza da Criação e enxergar o mundo de uma forma totalmente nova. A prática espiritual do Capítulo 1 inclui um exercício chamado Deixe a vida amar você e uma meditação, a Oração do Amor.

No Capítulo 2, Afirme sua vida, Louise e eu conversamos sobre a época de escola e sobre como fomos ensinados a ver o mundo. Nele, eu conto uma história acerca de uma palestra na faculdade que mudou minha visão de mundo para sempre. Chamava-se “Você acredita mesmo, de verdade, que um pneu furado pode lhe dar dor de cabeça?”. Aqui convidamos você a considerar que a vida não o está julgando, criticando nem condenando. Sofremos por causa da nossa própria psicologia. As outras pessoas podem até nos ferir, mas a vida em si não está contra nós. Por que estaria? A vida é profundamente afirmativa. Nós somos uma expressão da Criação, e a vida só quer que sejamos o Eu Ilimitado que de fato somos. A prática espiritual desse capítulo é chamada 10 lembretes.

O Capítulo 3, Siga sua alegria, é sobre escutar o seu guia interior. “A afirmação a vida ama você não se refere a fazer as coisas do seu jeito, mas a se esforçar para que saiam do jeito certo”, diz Louise. Ela fala sobre o seu “sininho interior” e eu falo do meu Sim, com S maiúsculo. A vida está sempre tentando nos guiar, apoiar e inspirar. Às vezes ficamos tão preocupados e nos perdemos de tal forma em nossa própria tristeza que não conseguimos enxergar isso. A prática espiritual desse capítulo é criar um quadro de afirmações para ajudar você a seguir a própria alegria e viver a vida que ama.

O Capítulo 4, Perdoe o passado, é a metade de nosso caminho. Aqui investigamos alguns dos obstáculos que costumam nos atrapalhar em deixar a vida nos amar – por exemplo, quando a pessoa acredita ter perdido a inocência e isso a leva a achar que não tem valor. Nós exploramos a história de culpa, contada pelo superego, de que muito tempo atrás a vida me amava e eu merecia ser amado, mas agora as coisas não são mais assim. Falamos também sobre trabalhar a nossa criança interior e recuperar a inocência original. A prática espiritual desse capítulo é chamada A escala do perdão. Trata-se de um dos exercícios de perdão mais poderosos que conhecemos.

No Capítulo 5, Agradeça agora, Louise e eu examinamos o princípio da confiança básica, reconhecido pelos psicólogos como algo essencial tanto para o desenvolvimento da criança quanto para a vida adulta. Nós nascemos com essa confiança básica. É um conhecimento – e uma convicção – de que somos parte da Criação, apoiados por uma Unidade amorosa e generosa. A confiança básica reconhece que a vida não acontece para você; ela acontece por você. Ela garante que você se sente na primeira fila no espetáculo da sua vida. Cada experiência – boa ou ruim, feliz ou triste, amarga ou doce – lhe oferece uma oportunidade de deixar a vida amar você. A prática espiritual desse capítulo, Gratidão diária, combina o agradecimento com um exercício de espelho.

O Capítulo 6, Aprenda a receber, observa a teoria budista do universo benevolente. Louise conta sua experiência de pintar um quadro intitulado Buda que abençoa. Ela levou cinco anos para terminá-lo. O ato de pintar se transformou numa meditação profunda que a ajudou a sentir com mais intensidade a bondade amorosa que existe no plano da vida. “A vida está sempre tentando nos amar, mas precisamos estar abertos se quisermos enxergar isso”, diz Louise. A prática espiritual desse capítulo é o Diário do receber. O objetivo desse exercício é ajudá-lo a reconhecer de maneira mais clara como a vida está amando você neste exato momento.

No Capítulo 7, Cure o futuro, chegamos à pergunta “O universo é amigável?”. Dizem que Albert Einstein considerava essa a pergunta mais importante que podemos fazer. Louise e eu acreditamos que outra pergunta igualmente essencial é “Quão amigável eu sou?”. Num nível mais profundo, o propósito da nossa existência é ser um espelho amoroso para o mundo. Nosso objetivo não é apenas deixar que a vida nos ame, mas também amá-la de volta. Estamos aqui para amar o mundo. Se cada um de nós fizesse isso um pouco mais, não viveríamos num lugar tão cheio de medo. A prática espiritual do Capítulo 7, portanto, é chamada Abençoe o mundo.

Louise e eu estamos muito felizes por você estar com nosso livro nas mãos. Somos gratos pela oportunidade de tê-lo escrito juntos. Esperamos e rezamos para que nosso trabalho o ajude cada vez mais a deixar a vida amar você e a ser uma presença amorosa no mundo.

A vida ama você!

Louise Hay e Robert Holden

LEIA MAIS

Louise Hay

Sobre o autor

Louise Hay

Professora de metafísica e autora de 27 livros. No Brasil, a Editora Sextante já publicou Meditações para a Manhã e para a NoiteAprendendo a Gostar de Si Mesmo e Cultivando a Saúde do Corpo e da Mente. Desde o começo de sua carreira em 1981, quando dava aulas de Ciência da Mente, ela ajudou milhares de pessoas a descobrir e utilizar o próprio potencial criativo para o crescimento pessoal e a cura. Os trabalhos de Louise Hay já foram traduzidos para 25 línguas e publicados em mais de 30 países.

VER PERFIL COMPLETO

Veja no Blog da Sextante

Entenda: a vida ama você
AUTOAJUDA

Entenda: a vida ama você

É comum que crianças beijem seus reflexos no espelho. Todos nós, quando descobrimos o nosso corpo, temos um inerente amor próprio. Mas, ao longo da nossa vida, experiências negativas e inseguranças trazem o que o autor Robert Holden chama de medo essencial em A vida ama você: o medo de não merecer ser amado. No […]

LER MAIS

Outros títulos de Louise Hay