Livro
Livro
FINANÇAS

Mais tempo, mais dinheiro

Mais tempo, mais dinheiro

CHRISTIAN BARBOSA E GUSTAVO CERBASI

Estratégias para uma vida mais equilibrada

Estratégias para uma vida mais equilibrada

Tempo é dinheiro? Gustavo Cerbasi e Christian Barbosa – considerados pela revista Você S/A dois dos maiores especialistas do Brasil em finanças pessoais e gestão de tempo – acreditam que não.

Algumas pessoas têm muito dinheiro mas vivem sem tempo para fazer as coisas de que mais gostam. Outras têm tempo de sobra, porém acabam não tirando proveito dessa disponibilidade por não possuírem recursos financeiros para isso.

Ter mais tempo e mais dinheiro é o desejo de quase todo mundo, mas esses dois fatores precisam coexistir em equilíbrio para que se experimente o verdadeiro sentido de prosperidade. Neste livro, você vai aprender a utilizar com sabedoria essas duas riquezas de forma sustentável não só em benefício próprio mas também das pessoas que o cercam.

Os autores compartilham relatos de sucesso sobre como alcançaram a independência financeira e uma rotina com muito menos urgências. Também dão dicas detalhadas e práticas, que incluem classificar as atividades diárias em ordem de importância, restringir os grandes ladrões do tempo (como o e-mail e as redes sociais), melhorar a qualidade de consumo e investir em educação financeira.

Se você pensar bem, o que falta mesmo no seu dia a dia não é dinheiro nem tempo, mas momentos de realização pessoal. Descubra como abandonar os hábitos que não contribuem para o seu crescimento e como realizar as mudanças necessárias para desfrutar melhor a vida.

Tempo é dinheiro? Gustavo Cerbasi e Christian Barbosa – considerados pela revista Você S/A dois dos maiores especialistas do Brasil em finanças pessoais e gestão de tempo – acreditam que não.

Algumas pessoas têm muito dinheiro mas vivem sem tempo para fazer as coisas de que mais gostam. Outras têm tempo de sobra, porém acabam não tirando proveito dessa disponibilidade por não possuírem recursos financeiros para isso.

Ter mais tempo e mais dinheiro é o desejo de quase todo mundo, mas esses dois fatores precisam coexistir em equilíbrio para que se experimente o verdadeiro sentido de prosperidade. Neste livro, você vai aprender a utilizar com sabedoria essas duas riquezas de forma sustentável não só em benefício próprio mas também das pessoas que o cercam.

Os autores compartilham relatos de sucesso sobre como alcançaram a independência financeira e uma rotina com muito menos urgências. Também dão dicas detalhadas e práticas, que incluem classificar as atividades diárias em ordem de importância, restringir os grandes ladrões do tempo (como o e-mail e as redes sociais), melhorar a qualidade de consumo e investir em educação financeira.

Se você pensar bem, o que falta mesmo no seu dia a dia não é dinheiro nem tempo, mas momentos de realização pessoal. Descubra como abandonar os hábitos que não contribuem para o seu crescimento e como realizar as mudanças necessárias para desfrutar melhor a vida.

Compre agora:

Ficha técnica
Lançamento 16/10/2014
Título original MAIS TEMPO, MAIS DINHEIRO
Tradução
Formato 16 x 23 cm
Número de páginas 208
Peso 300 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0152-1
EAN 9788543101521
Preço R$ 44,90
Ficha técnica e-book
eISBN 9788543101538
Preço R$ 24,99
Lançamento 16/10/2014
Título original MAIS TEMPO, MAIS DINHEIRO
Tradução
Formato 16 x 23 cm
Número de páginas 208
Peso 300 g
Acabamento BROCHURA
ISBN 978-85-431-0152-1
EAN 9788543101521
Preço R$ 44,90

E-book

eISBN 9788543101538
Preço R$ 24,99

Leia um trecho do livro

Introdução

Tempo é dinheiro, isso você já ouviu dizer. Mas será que é mesmo, ou essa é somente a retórica de quem quer abreviar uma relação comercial ou de trabalho? Se tempo fosse dinheiro, um desempregado seria muito rico, pois teria todo o tempo do mundo à sua disposição, sem nenhum patrão para espremer sua agenda. O que dizer, então, de moradores de regiões interioranas, aqueles lugares em que o tempo passa com a metade da velocidade das grandes cidades? Sabe aquele capiau com um capim no canto da boca, sentado na porta de casa? Com todo aquele tempo, ele tem mais dinheiro do que você? Provavelmente não.

Tempo, portanto, não é exatamente a mesma coisa que dinheiro. Ambos são riquezas distintas que, somadas e bem utilizadas, conferem novo sentido ao conceito de prosperidade. Basta ter tempo disponível? Não. Apenas ter dinheiro disponível também não serve para nada. É a utilidade que você tira de seu tempo e de seu dinheiro que determina quão rico você é. Tempo bem utilizado pode fazê-lo ganhar mais dinheiro, mas há maneiras de ganhar dinheiro sem que o seu tempo seja consumido. Por outro lado, o tempo mal aproveitado pode lhe custar muito dinheiro, mas não podemos esquecer que uma boa dedicação de tempo ao nosso corpo e à nossa mente pode gerar benefícios sem necessariamente custar algo.

Tempo, portanto, não é exatamente a mesma coisa que dinheiro. Ambos são riquezas distintas que, somadas e bem utilizadas, conferem novo sentido ao conceito de prosperidade.

Perceba: para viver momentos felizes, você precisa de uma dessas riquezas. Se quer desfrutar de uma experiência única na vida, basta ter tempo, dinheiro ou ambos. A prática de um esporte radical exige dedicação de tempo e de recursos para a compra de equipamentos. Para presentear sua amada com flores enquanto você está em uma longa viagem de negócios, dinheiro será suficiente – basta comprar on-line ou ligar para um disque-entrega. Para desfrutar de momentos mágicos brincando com seu filho, talvez nada mais que tempo seja necessário.

É a utilidade que você tira de seu tempo e de
seu dinheiro que determina quão rico você é.

Se perguntássemos para você, seus amigos, sua família e seus colegas de trabalho quais as coisas que mais gostariam de ter na vida, com certeza Dinheiro e Tempo estariam entre as suas maiores prioridades.

Quando você pensa em buscar realização, felicidade, paz, alegria e saúde, tempo e dinheiro estão entre os primeiros pilares que irão ajudá-lo nessa busca. Se você não tem tempo, muito provavelmente também não terá dinheiro disponível. Se você não tem dinheiro, é bem provável que também tenha uma vida cheia de urgências e sem tempo para nada.

Pessoas com tempo têm maior probabilidade de ganhar ou usar melhor o dinheiro, e pessoas com dinheiro precisam aprender a ter tempo para viver de forma equilibrada e com a certeza de que conseguirão realizar suas maiores aspirações.

Provavelmente você já sabia disso. Todos sabemos e batalhamos numa busca contínua e árdua por mais tempo e mais dinheiro na vida, cujo sucesso parece estar sempre um passo além de onde estamos. Por mais que nossa renda aumente, sentimos que nos falta dinheiro. Ainda que compremos maravilhas tecnológicas feitas para economizar tempo, sentimos que nos falta mais para nos tornarmos realmente realizados. Parece que uma hora a mais no dia nos ajudaria a ter a vida mais organizada. Ou que 10% a mais de salário eliminariam grande parte de nossas insatisfações.

Falta tempo às pessoas? Falta dinheiro? Como concluir isso se a atual geração ganha mais do que as anteriores e tem mais aparatos tecnológicos para tornar sua vida mais produtiva? Ao contrário do que muitos pensam ou sentem, tempo e dinheiro não são recursos escassos. Todos temos a mesma quantidade de segundos que nossos ancestrais tinham por dia. É possível que eles tivessem uma vida com mais qualidade (possível mas não certo, porque o conceito de qualidade de vida é bastante relativo). Mas vovô e vovó dedicavam horas e horas à elaboração de cartas que, postadas nos correios, alguns dias depois avisariam a seus parentes que eles estavam bem. Alguém se lembra de quanto tempo se gastava há poucos anos para elaborar cartões de Natal e preparar cada envelope para simplesmente compartilhar votos de paz e de felicidade? Para nos comunicarmos, gastamos hoje uma ínfima fração do tempo que era gasto há alguns poucos anos.

Ao contrário do que muitos pensam ou sentem,
tempo e dinheiro não são recursos escassos.

Não falta tempo, nem dinheiro. Talvez nos falte o sentimento de realização. É mais provável que nos falte organização pessoal para definirmos com que realmente queremos gastar nosso tempo e nosso dinheiro, a fim de colecionarmos mais momentos de realização pessoal. Isso realmente está faltando.

Neste livro, nós, Christian Barbosa e Gustavo Cerbasi, gratamente considerados os mais respeitados especialistas do Brasil em gestão de tempo e de dinheiro, respectivamente, nos unimos para compartilhar com nossos leitores mais do que ensinamentos e técnicas de produtividade pessoal. O que realmente nos fez debruçar sobre esse trabalho multidisciplinar foi a oportunidade de compartilhar uma filosofia de vida, testada com inúmeros clientes e em nossas próprias vidas, que implica simplesmente ter mais. Você perceberá, ao longo da leitura, que ter mais dinheiro não significa gastar menos, e que ter mais tempo não significa adotar uma maçante disciplina militar.

A sinergia entre dinheiro e tempo é tão grande que podemos nos arriscar a dizer que você não conseguirá ter um sem ter o outro de forma equilibrada. E não estamos afirmando que você será um milionário e terá férias eternas. O que queremos é ajudá-lo a construir o seu ponto ideal e formar uma mente abundante na obtenção e na utilização dos seus recursos de tempo e de dinheiro.

Este livro foi realmente escrito a quatro mãos, com considerações dos dois especialistas na totalidade do texto. Quem entende um pouco de redação talvez tenha noção de quão complexa foi essa tarefa, já que ambos precisamos pensar em sintonia para transmitir aos leitores uma visão única, completa e em linguagem clara dessa filosofia. Até mesmo na elaboração deste livro estão aplicados os conceitos de mais tempo e mais dinheiro.

A sinergia entre dinheiro e tempo é
tão grande que podemos nos arriscar a dizer
que você não conseguirá ter um sem ter o
outro de forma equilibrada.

Dois profissionais requisitados, com pouco espaço na agenda, não poderiam se dar ao luxo de se estender por meses na elaboração deste texto. Por isso, tiramos um dia para discutir nosso método de modo a viabilizar o livro, o qual colocamos em prática logo em seguida. Durante um mês, organizamos nossas ideias individualmente, antes de começarmos a escrever. Christian Barbosa é um excepcional gestor de seus conhecimentos. Gustavo Cerbasi traduz como poucos boas ideias em textos amigáveis. Com isso em mente, traçamos o roteiro do livro em tópicos que pretenderíamos abordar. Christian começou a levantar dados para tratar desses tópicos e, a cada capítulo de informações levantadas, o conteúdo foi enviado ao Gustavo para discorrer sobre o assunto. Em um processo de pouco menos de 30 dias, o texto estava nas mãos de nossos editores para a edição e produção gráfica. Um primor em termos de uso de recursos!

Obviamente, como dois especialistas, destacamo-nos pela individualidade de nossas ideias. Por isso, não é razoável supor que Gustavo e Christian possuam as mesmas opiniões e idealizações a respeito das mesmas filosofias, práticas e técnicas. Nossas ideias se complementam, às vezes se misturam em um só conceito, e em outras situações simplesmente conflitam e geram um ponto de reflexão ou de escolha individual para você, leitor. Como consequência, optamos por destacar claramente no texto, em boxes, as passagens contendo orientações, opiniões ou conclusões consideradas pessoais ou exclusivamente relacionadas à especialização de um dos profissionais. Nos textos de Christian Barbosa, usamos um relógio; nos de Gustavo Cerbasi, um cifrão. Esta introdução termina com uma reflexão individual de cada autor sobre o tema que começa a ser degustado nas próximas páginas.

Introdução

Tempo é dinheiro, isso você já ouviu dizer. Mas será que é mesmo, ou essa é somente a retórica de quem quer abreviar uma relação comercial ou de trabalho? Se tempo fosse dinheiro, um desempregado seria muito rico, pois teria todo o tempo do mundo à sua disposição, sem nenhum patrão para espremer sua agenda. O que dizer, então, de moradores de regiões interioranas, aqueles lugares em que o tempo passa com a metade da velocidade das grandes cidades? Sabe aquele capiau com um capim no canto da boca, sentado na porta de casa? Com todo aquele tempo, ele tem mais dinheiro do que você? Provavelmente não.

Tempo, portanto, não é exatamente a mesma coisa que dinheiro. Ambos são riquezas distintas que, somadas e bem utilizadas, conferem novo sentido ao conceito de prosperidade. Basta ter tempo disponível? Não. Apenas ter dinheiro disponível também não serve para nada. É a utilidade que você tira de seu tempo e de seu dinheiro que determina quão rico você é. Tempo bem utilizado pode fazê-lo ganhar mais dinheiro, mas há maneiras de ganhar dinheiro sem que o seu tempo seja consumido. Por outro lado, o tempo mal aproveitado pode lhe custar muito dinheiro, mas não podemos esquecer que uma boa dedicação de tempo ao nosso corpo e à nossa mente pode gerar benefícios sem necessariamente custar algo.

Tempo, portanto, não é exatamente a mesma coisa que dinheiro. Ambos são riquezas distintas que, somadas e bem utilizadas, conferem novo sentido ao conceito de prosperidade.

Perceba: para viver momentos felizes, você precisa de uma dessas riquezas. Se quer desfrutar de uma experiência única na vida, basta ter tempo, dinheiro ou ambos. A prática de um esporte radical exige dedicação de tempo e de recursos para a compra de equipamentos. Para presentear sua amada com flores enquanto você está em uma longa viagem de negócios, dinheiro será suficiente – basta comprar on-line ou ligar para um disque-entrega. Para desfrutar de momentos mágicos brincando com seu filho, talvez nada mais que tempo seja necessário.

É a utilidade que você tira de seu tempo e de
seu dinheiro que determina quão rico você é.

Se perguntássemos para você, seus amigos, sua família e seus colegas de trabalho quais as coisas que mais gostariam de ter na vida, com certeza Dinheiro e Tempo estariam entre as suas maiores prioridades.

Quando você pensa em buscar realização, felicidade, paz, alegria e saúde, tempo e dinheiro estão entre os primeiros pilares que irão ajudá-lo nessa busca. Se você não tem tempo, muito provavelmente também não terá dinheiro disponível. Se você não tem dinheiro, é bem provável que também tenha uma vida cheia de urgências e sem tempo para nada.

Pessoas com tempo têm maior probabilidade de ganhar ou usar melhor o dinheiro, e pessoas com dinheiro precisam aprender a ter tempo para viver de forma equilibrada e com a certeza de que conseguirão realizar suas maiores aspirações.

Provavelmente você já sabia disso. Todos sabemos e batalhamos numa busca contínua e árdua por mais tempo e mais dinheiro na vida, cujo sucesso parece estar sempre um passo além de onde estamos. Por mais que nossa renda aumente, sentimos que nos falta dinheiro. Ainda que compremos maravilhas tecnológicas feitas para economizar tempo, sentimos que nos falta mais para nos tornarmos realmente realizados. Parece que uma hora a mais no dia nos ajudaria a ter a vida mais organizada. Ou que 10% a mais de salário eliminariam grande parte de nossas insatisfações.

Falta tempo às pessoas? Falta dinheiro? Como concluir isso se a atual geração ganha mais do que as anteriores e tem mais aparatos tecnológicos para tornar sua vida mais produtiva? Ao contrário do que muitos pensam ou sentem, tempo e dinheiro não são recursos escassos. Todos temos a mesma quantidade de segundos que nossos ancestrais tinham por dia. É possível que eles tivessem uma vida com mais qualidade (possível mas não certo, porque o conceito de qualidade de vida é bastante relativo). Mas vovô e vovó dedicavam horas e horas à elaboração de cartas que, postadas nos correios, alguns dias depois avisariam a seus parentes que eles estavam bem. Alguém se lembra de quanto tempo se gastava há poucos anos para elaborar cartões de Natal e preparar cada envelope para simplesmente compartilhar votos de paz e de felicidade? Para nos comunicarmos, gastamos hoje uma ínfima fração do tempo que era gasto há alguns poucos anos.

Ao contrário do que muitos pensam ou sentem,
tempo e dinheiro não são recursos escassos.

Não falta tempo, nem dinheiro. Talvez nos falte o sentimento de realização. É mais provável que nos falte organização pessoal para definirmos com que realmente queremos gastar nosso tempo e nosso dinheiro, a fim de colecionarmos mais momentos de realização pessoal. Isso realmente está faltando.

Neste livro, nós, Christian Barbosa e Gustavo Cerbasi, gratamente considerados os mais respeitados especialistas do Brasil em gestão de tempo e de dinheiro, respectivamente, nos unimos para compartilhar com nossos leitores mais do que ensinamentos e técnicas de produtividade pessoal. O que realmente nos fez debruçar sobre esse trabalho multidisciplinar foi a oportunidade de compartilhar uma filosofia de vida, testada com inúmeros clientes e em nossas próprias vidas, que implica simplesmente ter mais. Você perceberá, ao longo da leitura, que ter mais dinheiro não significa gastar menos, e que ter mais tempo não significa adotar uma maçante disciplina militar.

A sinergia entre dinheiro e tempo é tão grande que podemos nos arriscar a dizer que você não conseguirá ter um sem ter o outro de forma equilibrada. E não estamos afirmando que você será um milionário e terá férias eternas. O que queremos é ajudá-lo a construir o seu ponto ideal e formar uma mente abundante na obtenção e na utilização dos seus recursos de tempo e de dinheiro.

Este livro foi realmente escrito a quatro mãos, com considerações dos dois especialistas na totalidade do texto. Quem entende um pouco de redação talvez tenha noção de quão complexa foi essa tarefa, já que ambos precisamos pensar em sintonia para transmitir aos leitores uma visão única, completa e em linguagem clara dessa filosofia. Até mesmo na elaboração deste livro estão aplicados os conceitos de mais tempo e mais dinheiro.

A sinergia entre dinheiro e tempo é
tão grande que podemos nos arriscar a dizer
que você não conseguirá ter um sem ter o
outro de forma equilibrada.

Dois profissionais requisitados, com pouco espaço na agenda, não poderiam se dar ao luxo de se estender por meses na elaboração deste texto. Por isso, tiramos um dia para discutir nosso método de modo a viabilizar o livro, o qual colocamos em prática logo em seguida. Durante um mês, organizamos nossas ideias individualmente, antes de começarmos a escrever. Christian Barbosa é um excepcional gestor de seus conhecimentos. Gustavo Cerbasi traduz como poucos boas ideias em textos amigáveis. Com isso em mente, traçamos o roteiro do livro em tópicos que pretenderíamos abordar. Christian começou a levantar dados para tratar desses tópicos e, a cada capítulo de informações levantadas, o conteúdo foi enviado ao Gustavo para discorrer sobre o assunto. Em um processo de pouco menos de 30 dias, o texto estava nas mãos de nossos editores para a edição e produção gráfica. Um primor em termos de uso de recursos!

Obviamente, como dois especialistas, destacamo-nos pela individualidade de nossas ideias. Por isso, não é razoável supor que Gustavo e Christian possuam as mesmas opiniões e idealizações a respeito das mesmas filosofias, práticas e técnicas. Nossas ideias se complementam, às vezes se misturam em um só conceito, e em outras situações simplesmente conflitam e geram um ponto de reflexão ou de escolha individual para você, leitor. Como consequência, optamos por destacar claramente no texto, em boxes, as passagens contendo orientações, opiniões ou conclusões consideradas pessoais ou exclusivamente relacionadas à especialização de um dos profissionais. Nos textos de Christian Barbosa, usamos um relógio; nos de Gustavo Cerbasi, um cifrão. Esta introdução termina com uma reflexão individual de cada autor sobre o tema que começa a ser degustado nas próximas páginas.

LEIA MAIS

Gustavo Cerbasi

Sobre o autor

Gustavo Cerbasi

Mestre em Administração pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA/USP) e graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas. Possui especializações em Finanças pela Stern School of Business (New York University) e pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Sua preocupação maior está em torno do crescimento humano. Por isso, Cerbasi desenvolve treinamentos, palestras e consultorias para diversos públicos por todo o Brasil. Além disso, possui larga experiência prática e acadêmica em finanças dos negócios, planejamento familiar e economia doméstica. É autor de diversos livros, entre eles os best-sellers Dinheiro – Os segredos de quem tem e Casais inteligentes enriquecem juntos (Editora Gente) e Investimentos inteligentes (Thomas Nelson Brasil).

VER PERFIL COMPLETO

Veja no Blog da Sextante

Sextante celebra novo site com II Ciclo de Palestras, que reuniu onze autores publicados pela editora
EDITORA SEXTANTE

Sextante celebra novo site com II Ciclo de Palestras, que reuniu onze autores publicados pela editora

A conversa entre Nathalia Arcuri, Gustavo Gerbasi e Bráulio Bessa sobre vida financeira foi um dos destaques do evento, que também promoveu uma reflexão sobre a vida contemporânea e ressaltou a importância do passado para entender o presente

LER MAIS

Outros títulos de Gustavo Cerbasi