A vida pode ser mais fácil! - Sextante
NEGÓCIOS

A vida pode ser mais fácil!

|

Compartilhe esse texto: Email
A vida pode ser mais fácil!

Em novo livro, Greg McKeown amplia as ideias apresentadas em “Essencialismo” e defende que é possível tornar mais simples as nossas atividades essenciais.

Vivemos em uma época veloz e de muitas oportunidades. No entanto, o outro lado da moeda da vida moderna é o nível de exigência e sobrecarga que enfrentamos diariamente. As 24 horas do dia nunca são suficientes. Basta reparar quantas pessoas à nossa volta se queixam do excesso de demanda, em todos os setores da vida.

O resultado disso é uma espécie de burnout coletivo – sim, estamos nos referindo à exaustão crônica e ao consequente colapso da mente e do corpo decorrente do esforço excessivo. E, quando simplesmente não dá para se esforçar mais, é hora de procurar um caminho diferente.

Mundialmente conhecido por difundir a filosofia essencialista e autor do best-seller Essencialismo, Greg McKeown experimentou na pele as consequências da sobrecarga de atividades e esteve a ponto de desmoronar quando precisou enfrentar um grave problema de saúde de sua filha e ainda lidar com uma agenda superlotada de compromissos.

“Admiti a realidade da situação: eu estava esgotado. Escrevera um livro que ensinava a ser essencialista, e lá estava eu, sobrecarregado e forçado a ir muito além dos limites. Eu sentia uma pressão autoimposta de ser o essencialista perfeito, mas não restava nada não essencial para eliminar. O que aprendi foi: eu estava fazendo todas as coisas certas pelas razões certas, mas estava fazendo do jeito errado.”, desabafa o autor em seu novo livro.

“Nem todas as coisas difíceis na vida podem ser facilitadas. Mas é possível tornar mais fácil aquilo que é mais importante.” Este é um dos conceitos centrais defendido pelo autor em Sem esforço, seu mais recente lançamento. Quando já começamos a semana assoberbados diante da avalanche de atividades que temos pela frente, devemos antes nos questionar: Como estou tornando a vida mais difícil do que o necessário?

Greg argumenta que é preciso encontrar o jeito certo para fazer as coisas: faça menos, mas dê o melhor de si. Qual é a coisa mais importante que eu tenho que fazer hoje? Onde serei mais útil? O que vai ser melhor para mim a curto, médio ou longo prazo? Afinal, como explica o autor no livro, o burnout não é uma medalha de honra e a sobrecarga de trabalho prejudica o nosso desempenho onde não podemos falhar.

Essencialismo e Sem esforço são obras que se complementam. A primeira defende que é preciso eliminar o que não é essencial e evitar desperdícios, em todos os sentidos. Devemos aprender a reduzir e simplificar a vida. Manter o foco no que nos importa e em como priorizamos o nosso tempo já escasso. A segunda vai além e nos mostra que só motivação e boa vontade não bastam para garantir um bom desempenho, porque são recursos limitados. Para avançarmos nas coisas que realmente importam, precisamos de um jeito novo de trabalhar e viver.

“Eu me esforçava para ser um modelo de Essencialista. Para viver de acordo com o que ensinava. Mas sentia as falhas do pressuposto a que sempre me agarrara: que, para obter tudo o que queremos sem nos ocupar demais nem nos forçar ao impossível, bastava ter a disciplina de só dizer ‘sim’ a atividades essenciais e ‘não’ a todo o resto. Mas agora eu me perguntava o que fazer quando a vida já está reduzida ao essencial e ainda há coisas demais.”, analisa Greg.

3 hábitos ensinados no livro para alcançar o Estado Sem Esforço:

“O Estado Sem Esforço é aquele em que você está fisicamente descansado, emocionalmente aliviado e mentalmente energizado. Está cem por cento presente, atento e focado no que é essencial naquele momento. É capaz de fazer com facilidade o que mais importa.” – Greg McKeown

Desfrutar:
E se pudesse ser também divertido?

Há uma falsa dicotomia na sentença: “Eu trabalho bastante para depois me divertir bastante.” Combine as atividades mais essenciais com as mais divertidas. Trabalho e diversão podem coexistir quando aprendemos a transformar tarefas tediosas em rituais significativos.

Libertar-se:
O pode deixar pra lá.

Vivemos numa cultura da reclamação que se inebria ao manifestar sua indignação – principalmente nas redes sociais. Mas pensamentos tóxicos se acumulam depressa e ocupam um enorme espaço mental.

Quando você se concentra no que falta, perde o que tem. Quando você se concentra no que tem, obtém o que falta. Use esta receita de hábito: “Cada vez que eu reclamo, direi algo pelo qual sou grato”. E, por fim, aceite aquilo que você não pode controlar.

Descansar:
A arte de não fazer nada.

Em nossa cultura em que tudo funciona 24 horas por dia, algumas pessoas simplesmente não sabem relaxar. Para evitar a exaustão, limite sua prática de trabalho a um volume do qual seja possível se recuperar por completo diariamente. Muita gente luta com o dilema entre não fazer o suficiente e fazer demais.

O jeito mais fácil é recarregar continuamente nossa energia física e mental realizando pausas curtas. Planeje esses intervalos ao longo do dia. Outra dica: tire um cochilo!

Este post foi escrito por:

Felipe Maciel

Jornalista com 20 anos de experiência no mercado e pós-graduação em Mercado Editorial e em Tradução, trabalhou em jornais, revistas e agências de comunicação. Foi coordenador de comunicação do Sesc Rio. Desde 2010, trabalha no mercado editorial com passagens por algumas das principais editoras do país.

Tags: NEGÓCIOS
Livro

Greg McKeown

GREG MCKEOWN dá palestras no mundo todo sobre a importância de viver e de liderar como um essencialista. É autor do best-seller Essencialismo e apresentador do podcast What’s Essential. Foi destaque em periódicos como The New York Times, Fast Company, Fortune, Politico e Inc., e está entre os colunistas mais populares da Harvard Business Review e do LinkedIn. É um dos criadores do curso Projetando a Vida Essencialmente, da Universidade Stanford (onde fez seu MBA) e atua como Jovem Líder Global pelo Fórum Econômico Mundial.

VER PERFIL COMPLETO
Livro

  Do autor de Essencialismo, que já vendeu 250 mil exemplares no Brasil. “Essencialismo era sobre fazer as coisas certas. Sem esforço é sobre fazê-las do jeito certo.” – Greg McKeown Nem todas as coisas difíceis na vida podem ser facilitadas. Mas é possível tornar mais fácil aquilo que é mais importante. Em Sem esforço, […]

Greg McKeown

GREG MCKEOWN dá palestras no mundo todo sobre a importância de viver e de liderar como um essencialista. É autor do best-seller Essencialismo e apresentador do podcast What’s Essential. Foi destaque em periódicos como The New York Times, Fast Company, Fortune, Politico e Inc., e está entre os colunistas mais populares da Harvard Business Review e do LinkedIn. É um dos criadores do curso Projetando a Vida Essencialmente, da Universidade Stanford (onde fez seu MBA) e atua como Jovem Líder Global pelo Fórum Econômico Mundial.

VER PERFIL COMPLETO

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Foque apenas no essencial e aprenda a recusar o que o afasta das suas metas
CIÊNCIAS

Foque apenas no essencial e aprenda a recusar o que o afasta das suas metas

Os sentimentos de exaustão por sobrecarga e improdutividade na teoria deveriam ser opostos, mas a verdade é que eles se manifestam juntos na maior parte das vezes. E para quem já se cansou de enfrentar essa mistura de sensações, o Essencialismo é um caminho para reencontrar sua eficiência e também seu tempo livre. Muitas vezes, […]

LER MAIS
Sobre o uso de cookie neste site: usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.