Uma dor pulsante e paralisante - Sextante
PSICOLOGIA

Uma dor pulsante e paralisante

Uma dor pulsante e paralisante

|

Compartilhe esse texto: Email
Uma dor pulsante e paralisante

Best-seller mundial analisa o impacto das experiências traumáticas na vida das pessoas, avalia seus efeitos devastadores no cérebro humano e aponta os principais tratamentos para a cura

Viver é sempre um risco e ninguém está livre da experiência da dor. Sabemos também que a dor transforma e, quando extremada, traumatiza e aprisiona. Não é necessário ter enfrentado uma guerra ou vivenciado um campo de refugiados do Oriente Médio ou da África para se ver diante do trauma. Ele pode ser bem mais silencioso e, ainda assim, profundamente prejudicial para a vida das pessoas.  Os dados sobre o tema são alarmantes.

Pesquisas de Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos já mostraram que um entre cinco americanos sofreu abuso sexual na infância, um entre quatro foi vítima de violência física de um dos pais e a mesma violência é uma triste realidade de um em cada três casais. Um quarto dos americanos cresceu junto de parentes com problemas de alcoolismo e um entre oito viu a mãe ser espancada ou agredida. Aqui no Brasil, a realidade, infelizmente, não difere muito da norte-americana.

É sobre esse mundo de sofrimento e penumbra que escreve em O corpo guarda as marcas: Cérebro, mente e corpo na cura do trauma o conceituado psiquiatra Bessel van der Kolk, fundador e diretor do Trauma Center em Brookline, Massachusetts.  O autor é um dos principais especialistas em trauma no mundo e dedicou mais de três décadas trabalhando com pessoas que tiveram a vida transformada pela experiência traumática.

No livro, um fenômeno editorial em diversos países, Van der Kolk detalha os avanços científicos das últimas décadas e fornece explicações que incluem análises clínicas e passam pelas descobertas mais recentes do funcionamento neural até as metodologias bem-sucedidas para superar os efeitos do trauma. Ao apresentar abordagens terapêuticas contemporâneas, o psiquiatra esmiúça os tratamentos mais inovadores, que vão de neurofeedback e meditação a esportes, teatro e ioga. O objetivo principal é devolver aos pacientes a capacidade de sentir prazer, engajamento e autoconfiança. 

O autor destaca que o primeiro fato importante sobre o assunto é permitir que os indivíduos possam falar abertamente sobre o que viveram, mas nada disso é simples, porque há muitos sentimentos difíceis envolvidos, como a culpa, a vergonha e o horror, além da inércia e do isolamento provocados pela dor paralisante.

Chama muita atenção em meus estudos como o trauma é vivenciado e, logo, ocultado. As pessoas que o vivenciaram desejam esquecê-lo e a sociedade, como um todo, não quer lidar com o assunto”, avalia Van der Kolk.

O trauma modifica o cérebro humano e transforma a percepção da vítima sobre si

Uma das descobertas fundamentais nas pesquisas realizadas sobre os efeitos do trauma é como ele altera o funcionamento do cérebro humano e não se resume apenas a episódios do passado. Muito pelo contrário: os danos se perpetuam no presente e inviabilizam o futuro. Os pacientes passam a enxergar a vida de outra forma, como se tivessem a vista permanentemente embaçada ou atravessassem um eterno inverno, e perdem a confiança na vida e em si.

“Um dos grandes desafios do tratamento é, justamente, ajudar as vítimas a recuperarem o sentimento de estar plenamente vivo, possibilitando, assim, um verdadeiro processo de desintoxicação do impacto traumático”, aponta o autor.

Os métodos para obter a cura são múltiplos e podem ser aplicados conjuntamente. A linguagem e a elaboração da dor pela fala são, sem dúvida, fundamentais, mas há também terapias que buscam a recuperação por meio do trabalho corporal. Aliás, são recorrentes os sintomas que se manifestam no corpo das vítimas, que acabam recorrendo ao álcool e às drogas para lidar com terríveis sensações corpóreas.   

Com este livro, Bessel van der Kolk desenvolveu uma obra completa e atual sobre um tema urgente, um guia e um convite para enfrentar a realidade do trauma, explorar a melhor forma de tratá-lo e, como sociedade, empregar todos os meios disponíveis para evitá-lo.

Este post foi escrito por:

Felipe Maciel

Jornalista com 20 anos de experiência no mercado e pós-graduação em Mercado Editorial e em Tradução, trabalhou em jornais, revistas e agências de comunicação. Foi coordenador de comunicação do Sesc Rio. Desde 2010, trabalha no mercado editorial com passagens por algumas das principais editoras do país.

Este post foi escrito por:

Felipe Maciel

Jornalista com 20 anos de experiência no mercado e pós-graduação em Mercado Editorial e em Tradução, trabalhou em jornais, revistas e agências de comunicação. Foi coordenador de comunicação do Sesc Rio. Desde 2010, trabalha no mercado editorial com passagens por algumas das principais editoras do país.

Livro

Bessel van der Kolk

BESSEL VAN DER KOLK, M.D., é o fundador e médico diretor do Trauma Center (Centro de Trauma) em Brookline, Massachusetts. Ele também é professor de psiquiatria na Boston University School of Medicine (Escola de Medicina da Universidade de Boston) e diretor do National Complex Trauma Treatment Network (Complexo Nacional de Tratamento de Trauma). Quando não está ensinando ao redor do mundo, o Dr. van der Kolk trabalha e mora em Boston.                                                                                

VER PERFIL COMPLETO
Livro

Um pesquisador pioneiro transforma nossa compreensão sobre o trauma e oferece um novo e ousado paradigma para a cura num livro raro que tem conquistado leitores em dezenas de países e já vendeu mais de um milhão de exemplares.  “Com a escrita convincente de um bom romancista, van der Kolk revisita sua fascinante jornada que […]

Bessel van der Kolk

BESSEL VAN DER KOLK, M.D., é o fundador e médico diretor do Trauma Center (Centro de Trauma) em Brookline, Massachusetts. Ele também é professor de psiquiatria na Boston University School of Medicine (Escola de Medicina da Universidade de Boston) e diretor do National Complex Trauma Treatment Network (Complexo Nacional de Tratamento de Trauma). Quando não está ensinando ao redor do mundo, o Dr. van der Kolk trabalha e mora em Boston.                                                                                

VER PERFIL COMPLETO

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Sobre o uso de cookie neste site: usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.