Enquanto eu respirar - Sextante
Livro
Livro
AUTOAJUDA

Enquanto eu respirar

Enquanto eu respirar

ANA MICHELLE SOARES

DANÇANDO COM O TEMPO E COM TODAS AS POSSIBILIDADES DE ESTAR VIVA ATÉ O ÚLTIMO SUSPIRO.

ANA MICHELLE SOARES, ou AnaMi, como gosta de ser chamada, é criadora do perfil @paliativas no Instagram, onde compartilha sua rotina como protagonista do próprio tratamento, desmistificando o conceito de “cuidados paliativos” e transformando a finitude na mais importante ferramenta de autoconhecimento que existe.

“Quando se jogar dentro desta narrativa, você verá a AnaMi sorrindo. E você vai respirar fundo e não hesitará em se jogar para dentro da própria vida.” — DRA. ANA CLAUDIA QUINTANA ARANTES, autora de A morte é um dia que vale a pena viver

 

“Esta não é uma história sobre o câncer. É sobre viver, sobre vivência, sobre dançar com o tempo.

É sobre amizade, sobre não ter medo de sentir, sobre querer o milagre da boa morte e sobre querer chegar ao final com a certeza de que a jornada foi uma experiência extraordinária.”

 

Aos 32 anos, não foi fácil para a jornalista Ana Michelle Soares receber o diagnóstico de que seu câncer de mama tinha voltado e atingira outros órgãos. Não havia mais possibilidade de cura. O tratamento seria focado em controlar a doença e seus sintomas – e em lhe proporcionar a melhor vida até o fim.

Num relato visceral, marcado pelo humor ácido e por toda a coragem e urgência de quem não tem tempo a perder, AnaMi conta como o contato com a morte transformou para sempre sua maneira de enxergar as coisas.

Em busca da cura da alma, encontrou uma grande companheira de jornada – a Renata, que enfrentava algo muito parecido – e, nesse processo, descobriu a si mesma. Dessa parceria nasceu a conta @paliativas no Instagram, para provar que tratamento paliativo não é sobre morrer: é sobre viver.

É sobre ir à luta e viver apesar da doença. Inundar-se de gratidão a cada momento. Ressignificar a existência. Pois, para quem gosta de viver, nunca será tempo suficiente.

DANÇANDO COM O TEMPO E COM TODAS AS POSSIBILIDADES DE ESTAR VIVA ATÉ O ÚLTIMO SUSPIRO.

ANA MICHELLE SOARES, ou AnaMi, como gosta de ser chamada, é criadora do perfil @paliativas no Instagram, onde compartilha sua rotina como protagonista do próprio tratamento, desmistificando o conceito de “cuidados paliativos” e transformando a finitude na mais importante ferramenta de autoconhecimento que existe.

“Quando se jogar dentro desta narrativa, você verá a AnaMi sorrindo. E você vai respirar fundo e não hesitará em se jogar para dentro da própria vida.” — DRA. ANA CLAUDIA QUINTANA ARANTES, autora de A morte é um dia que vale a pena viver

 

“Esta não é uma história sobre o câncer. É sobre viver, sobre vivência, sobre dançar com o tempo.

É sobre amizade, sobre não ter medo de sentir, sobre querer o milagre da boa morte e sobre querer chegar ao final com a certeza de que a jornada foi uma experiência extraordinária.”

 

Aos 32 anos, não foi fácil para a jornalista Ana Michelle Soares receber o diagnóstico de que seu câncer de mama tinha voltado e atingira outros órgãos. Não havia mais possibilidade de cura. O tratamento seria focado em controlar a doença e seus sintomas – e em lhe proporcionar a melhor vida até o fim.

Num relato visceral, marcado pelo humor ácido e por toda a coragem e urgência de quem não tem tempo a perder, AnaMi conta como o contato com a morte transformou para sempre sua maneira de enxergar as coisas.

Em busca da cura da alma, encontrou uma grande companheira de jornada – a Renata, que enfrentava algo muito parecido – e, nesse processo, descobriu a si mesma. Dessa parceria nasceu a conta @paliativas no Instagram, para provar que tratamento paliativo não é sobre morrer: é sobre viver.

É sobre ir à luta e viver apesar da doença. Inundar-se de gratidão a cada momento. Ressignificar a existência. Pois, para quem gosta de viver, nunca será tempo suficiente.

Compre agora:

Compartilhe: Email
Ficha técnica
Lançamento 22/11/2019
Título original
Tradução
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 240
Peso 280 g
Acabamento brochura
ISBN 978-85-431-0889-6
EAN 9788543108896
Preço R$ 39,90
Ficha técnica e-book
eISBN 978-85-431-0890-2
Preço R$ 24,99
Lançamento 22/11/2019
Título original
Tradução
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 240
Peso 280 g
Acabamento brochura
ISBN 978-85-431-0889-6
EAN 9788543108896
Preço R$ 39,90

E-book

eISBN 978-85-431-0890-2
Preço R$ 24,99

Ana Michelle Soares

Sobre o autor

Ana Michelle Soares

Ana Michelle Soares, ou AnaMi, como gosta de ser chamada, é jornalista de formação e paliAtivista de coração. Paciente de câncer de mama desde 2011, AnaMi é criadora do perfil @paliativas no Instagram, onde compartilha sua rotina como protagonista do próprio tratamento, desmistificando o conceito de “cuidados paliativos” e transformando a finitude na mais importante ferramenta de autoconhecimento que existe. Entre uma quimioterapia e outra, realiza desejos de sua bucket list e vive intensamente os últimos melhores dias, meses ou anos de sua vida.  

VER PERFIL COMPLETO

Destaques na mídia

“Tenho um câncer terminal mas não estou morta”

Aos 36 anos, a jornalista Ana Michelle Soares convive com câncer desde 2011. A doença hoje é incurável. Ela criou uma conta no Instagram, o @paliativas, onde fala sobre sua condição de uma forma única — direta e cheia de vida.

Adriana Dias Lopes – Revista Veja

Ativistas discutem no Path como repensar a morte pode ajudar a viver melhor

Tem quem fuja do assunto, até da palavra. Mas é inevitável: a morte vai chegar para todos nós. Antes de bater na madeira e parar de ler este texto o mais rápido possível, conheça duas pessoas que lutam diariamente para mostrar que falar sobre a morte é uma das coisas mais benéficas que você pode fazer na sua vida.

Luiza Pollo – TAB UOL

Mulher que enfrenta câncer de mama metastático há sete anos fala como não se abater por causa da doença

“Sei que a minha doença é assim, ela vai, ela volta, essa é a minha condição de metastática, eu faço tratamento para manter a qualidade de vida, mas eu sei que não tem esse proposito curativo, é um tratamento paliativo”.

Programa Bem Estar – G1

Turnê de lançamento

Veja no Blog da Sextante

“Enquanto eu respirar”: a beleza de viver cada dia como se fosse o último
AUTOAJUDA

“Enquanto eu respirar”: a beleza de viver cada dia como se fosse o último

Num relato comovente, jornalista conta como a notícia de que não havia mais cura para seu câncer a transformou: “Essa história não é sobre câncer, mas sobre viver”

LER MAIS

Gosta da Editora Sextante?

Assine a nossa newsletter e receba as novidades.

Administração, negócios e economia
Autoajuda
Bem-estar, espiritualidade e mindfulness
Biografias, crônicas e histórias reais
Lançamentos do mês
Mais vendidos
Audiolivros
Selecionar todas
Administração, negócios e economia Lançamentos do mês
Autoajuda Mais vendidos
Bem-estar, espiritualidade e mindfulness Audiolivros
Biografias, crônicas e histórias reais Selecionar todas